Patriarcas no Brasil

Adão foi o segundo filho de Jakob II, e é o primeiro Melges a nascer em solo brasileiro, casou-se em Campinas, estado de São Paulo, com Zepherina Hoffmann, suíça de nascimento, a qual veio para o Brasil com dez anos de idade, sendo que deste casamento, nasceram os seguintes filhos: Jacob, Ignácio (meu avô), Carlos (pai do Álvaro), João, Luíz (avô da Odilinha), Augusta, Maria Angélica, Escolástica, Ida, Ambrozina, Cândida e Ana. Adão está sepultado na cidade de Torrinha e deu início à primeira linhagem genuinamente brasileira, a qual, juntamente com a linhagem de Amaro, deixou grandes raízes na cidade de Lins.

Salvador nasceu em São José dos Campos, casou-se com Sebastiana Ferreira, com quem teve seis filhos, e está sepultado no cemitério de Lins.

Amaro nasceu em Sorocaba, casou-se com sua sobrinha Maria Angélica, com quem teve dez filhos, dos quais, sete faleceram na infância, e está sepultado no cemitério de Lins.

Pedro nasceu em Piracicaba, casou-se com Ana Ferreira da Cunha, com quem teve seis filhos, e está sepultado no cemitério de Lins.

Jacinto não conseguimos identificar onde nasceu, casado em três núpcias, com Carolina, Ana, e Joaquina, com as quais teve filhos e está sepultado no cemitério de Jaú.

João que não conseguimos identificar onde nasceu, foi casado com Isabel, com quem teve filhos, e não sabemos onde foi sepultado.

Simão foi o patriarca nascido na Alemanha, casou-se e teve 6 filhos, Domingos, Jacob, Pedro, Júlio, Escolástica e Inácio, sendo que não sabemos o local do seu sepultamento.

NEWSLETTER

Inscreva-se para receber nossa newsletter...

Esta informação nunca será compartilhada!